Projetos

Desde sua fundação a SEE participa ativamente na difusão da ciência multidisciplinar que é a espeleologia. Desenvolvendo projetos em vários sistemas cársticos brasileiros e nas mais diversas áreas do conhecimento, a SEE expõe seus trabalhos e publicações em informativos, revistas acadêmicas, congressos e encontros da comunidade científica em geral. 

A seguir, alguns dos projetos da SEE:

  ASD

Desde 2014, em parceria com a Sociedade Carioca de Pesquisas Espeleológicas (SPEC), a SEE desenvolve pesquisas nas cavernas do Parque Estadual de Ibitipoca (Pei) que envolvem o mapeamento espeleológico de alto grau de precisão e o estudo da gênese e de estabilidade geomecânica das cavernas abertas ao turismo.

 

ASDSA

O projeto Prospecção e Catalogação de Unidades Espeleológicas no Parque Estadual Serra de Ouro Branco e Monumento Natural Estadual De Itatiaia – Pesob/Mnei, teve como metodologia a prospecção, mapeamento e pré-valoração de cavidades nos perímetros dos parques e em suas zonas de amortecimento, com o objetivo de auxiliar a elaboração do plano de manejo dos mesmos.

 

ASDAS

O Projeto Arcos Pains Espeleologia - PROAPE  surgiu através da parceria entre o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis - IBAMA, o Ministério Público Federal – MPF e a Universidade Federal de Ouro Preto - UFOP, sob administração da Fundação Educativa de Rádio e TV de Ouro Preto – FEOP. Com duração de 2 anos, teve como objetivo elaborar um diagnóstico geoambiental da região do distrito espeleológico de Arcos- Pains- Doresópolis- Iguatama.

 

vida

O Projeto VIDA (Viabilização Industrial e Defesa Ambiental) foi realizado em convênio com a CPRM (Serviço Geológico Brasileiro) e FG (Fundação Gorceix), na APA Carste de Lagoa Santa. Neste projeto foi realizada uma prospecção preliminar com a utilização de ortofotos e posterior mapeamento de cavidades pré-selecionadas.